subterrâneo

A$7 ROK lança seu quarto single, “Essência de Rua”, com clipe da Bronca Produções

O som tem beats de Santzu, clipe da Bronca Produções e direção do próprio rapper com Jailton Oliveira

O rapper de São Sebastião (DF) A$7 ROK acaba de lançar seu quarto single “Essência de Rua”. O beat  sucede “Astro da Filosofia”, “Arruinar-se” e “Inferno de Bronze feat Crônica”, todos de 2018. Produzidos por Santzu e com clipes da Bronca Records (Exceto Arruinar-se). Essência de Rua é meu primeiro lançamento do ano pra começar de pé direito, e que dá início a uma sequência de cyphers e feats, com mais singles como esse. Quero soltar bastante conteúdo nesse ano de 2019″, anuncia o rapper.

O clipe da música tem uma produção bastante profissional, o que representa um salto de qualidade para a produção independente da cidade de São Sebastião – DF, salto esse que vem sendo visto em vários trabalhos da Bronca e diversas produções que vem pipocando na cidade.

Fazendo um belo uso de drones, o clipe começa com Imagens aéreas de um terraço bastante característico da cidade, de um prédio que se destaca pela aparência elitizada, com cerâmicas azuis e curvas, o que destoa da aparência geral das produções da cidade. O drone sobrevoa esse terraço mostrando uma festa bastante típica da cidade, aproveitando toda a paisagem montanhosa e as luzes típicas da cidade em contraste com o último andar do prédio.

Não se trata, porém, de um rap que fala sobre ostentação. Ao contrário, em dado momento, A$7 ROK canta: “Deixei de comprar um pisante/ para produzir esse som”. É uma música que fala, sim, sobre superação, sobre os conflitos entre o bem e o mal, a guerra para proteger a paz e as dificuldades e recompensas em se manter íntegro frente às adversidades. Ou, numa definição melhor, do próprio compositor: “Significa o conflito entre a realização de um sonho e a perseguição do inimigo”.

Lançando material desde 2018, A$7 ROK vem dando um “giro pesado” pelas cidades satélites do DF, tendo ultrapassado a fronteira do Goiás e tocado em Formosa e Planaltina, e pretende continuar lançando singles. Seu objetivo é ir construindo um público aos poucos, preparando o terreno para um lançamento maior. “Pra ter quem compartilhar, né, mano? Até porque não adianta nada eu soltar um álbum e não ter um público pra tá ouvindo, pra tá curtindo”, analisa o rapper, que tem visão de futuro.

A$7 ROK é um acrônimo, com troca de símbolos, para “Castro”, sobrenome do rapper (Paulo Castro). Confira a seguir o videoclipe, se inscreva no canal e acompanhe as redes sociais do rapper, pois tem muito trabalho por vir.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
52

Ver mais

devana babu

devana babu veio da dimensão 23 e se encantou por isso que os terráqueos chamam de música. produziu e participou de festivais de spacerock no distrito federal, em especial no quadrante são sebas, participou de várias bandas de spacerock e enviou milhares de fanzines pro planeta natal. | é estagiário da revista traços, co-editor do S2 news, guitarrista/vocalista da xxiii, estudante de jornalismo na unb e procura freelas para conseguir pagar o r.u de 5,20. | devana babu abomina maiúsculas.

FALA AÊ!

Close