subterrâneo

A$7 ROK lança seu quarto single, “Essência de Rua”, com clipe da Bronca Produções

O som tem beats de Santzu, clipe da Bronca Produções e direção do próprio rapper com Jailton Oliveira

O rapper de São Sebastião (DF) A$7 ROK acaba de lançar seu quarto single “Essência de Rua”. O beat  sucede “Astro da Filosofia”, “Arruinar-se” e “Inferno de Bronze feat Crônica”, todos de 2018. Produzidos por Santzu e com clipes da Bronca Records (Exceto Arruinar-se). Essência de Rua é meu primeiro lançamento do ano pra começar de pé direito, e que dá início a uma sequência de cyphers e feats, com mais singles como esse. Quero soltar bastante conteúdo nesse ano de 2019″, anuncia o rapper.

O clipe da música tem uma produção bastante profissional, o que representa um salto de qualidade para a produção independente da cidade de São Sebastião – DF, salto esse que vem sendo visto em vários trabalhos da Bronca e diversas produções que vem pipocando na cidade.

Fazendo um belo uso de drones, o clipe começa com Imagens aéreas de um terraço bastante característico da cidade, de um prédio que se destaca pela aparência elitizada, com cerâmicas azuis e curvas, o que destoa da aparência geral das produções da cidade. O drone sobrevoa esse terraço mostrando uma festa bastante típica da cidade, aproveitando toda a paisagem montanhosa e as luzes típicas da cidade em contraste com o último andar do prédio.

Não se trata, porém, de um rap que fala sobre ostentação. Ao contrário, em dado momento, A$7 ROK canta: “Deixei de comprar um pisante/ para produzir esse som”. É uma música que fala, sim, sobre superação, sobre os conflitos entre o bem e o mal, a guerra para proteger a paz e as dificuldades e recompensas em se manter íntegro frente às adversidades. Ou, numa definição melhor, do próprio compositor: “Significa o conflito entre a realização de um sonho e a perseguição do inimigo”.

Lançando material desde 2018, A$7 ROK vem dando um “giro pesado” pelas cidades satélites do DF, tendo ultrapassado a fronteira do Goiás e tocado em Formosa e Planaltina, e pretende continuar lançando singles. Seu objetivo é ir construindo um público aos poucos, preparando o terreno para um lançamento maior. “Pra ter quem compartilhar, né, mano? Até porque não adianta nada eu soltar um álbum e não ter um público pra tá ouvindo, pra tá curtindo”, analisa o rapper, que tem visão de futuro.

A$7 ROK é um acrônimo, com troca de símbolos, para “Castro”, sobrenome do rapper (Paulo Castro). Confira a seguir o videoclipe, se inscreva no canal e acompanhe as redes sociais do rapper, pois tem muito trabalho por vir.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
52
Tags
Ver mais

devana babu

devana babu veio da dimensão 23 e se encantou por isso que os terráqueos chamam de música. produziu e participou de festivais de spacerock no distrito federal, em especial no quadrante são sebas, participou de várias bandas de spacerock e enviou milhares de fanzines pro planeta natal. | é estagiário da revista traços, co-editor do S2 news, guitarrista/vocalista da xxiii, estudante de jornalismo na unb e procura freelas para conseguir pagar o r.u de 5,20. | devana babu abomina maiúsculas.

FALA AÊ!

Close