ESCUTATÓRIOROCK

Muñoz: escute o duo já notável na cena

Rock do bom feito pelos irmãos Mauro Fontoura e Samuel Fontoura

O cenário rockista brasileiro anda muito bem, obrigada. Prova disso é o duo de stoner Muñoz que se formou em 2012. A banda se destaca por ser um duo formado pelos irmãos Mauro Fontoura (guitarra/vocal) e Samuel Fontoura (bateria), que se beneficiou pela cena em ascensão de stoner em 2013, já colocado em notoriedade no Brasil pelos goianos da Black Drawing Chalks que vieram traçando esse caminho desde 2007. Aliás, os irmãos são naturais de Goiás, da cidade de Mineiros, mas em 2009 se mudaram para Uberlândia e hoje estão radicados em Florianópolis.

Muñoz possui três trabalhos de estúdio, o primeiro é o EP autointitulado “Muñoz”, que traz a faixa marcante “Change My Ways”— que é importante citar que é uma versão do blues maneiro da sessentista Canned Heat, e entra novamente no primeiro disco cheio da banda, o ótimo Nebula (2014). O primeiro álbum é inclusive o trabalho que me fez conhecer os artistas. Nebula é muito foda pra você que curte bater um cabelo no ônibus, ao caminho do trabalho, faculdade, estágio… Qualquer lugar é lugar de bater cabelo. Nebula traz ainda a frenética “Hey Ya”, que possui um solo de guitarra lindo demais.

Já a terceira obra da banda é o mais recente Smokestack (2016), que também traz duas versões de outras canções, dessa vez das clássicas e fodonas Black Sabbath e Deep Purple. A da Black Sabbath é a “Sometimes I’m Happy” e a da Deep Purple “Maybe I’m Leo”.

Já dá pra querer escutar o disco inteiro só de ouvir essas duas versões. Mas a riqueza do álbum não para por aí, longe disso. Ouça a obra toda, mas destaco as faixas Souless e Implosion.

 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1
Ver mais

Lana Oliveira

Goiana do interior. Sempre se interessou por comunicação. Formada em jornalismo e com alguns cursos de marketing no currículo. Viciada em música e nas sensações que ela transmite.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close