FESTIVAISPROSAS E SONS

Festivais do Brasil: A efervescência artística que resiste

Está chegando o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

Hoje vamos falar sobre alguns dos eventos que têm ganhado força no cenário musical brasileiro. Para isso, viajaremos alguns anos em nossa história, a fim de relembrar brevemente como eram os eventos que revelavam os grandes talentos da música. Entre os anos 1965 e 1985, acontecia o Festival de Música Brasileira. Eram concursos de canções inéditas e originais transmitidos por algumas emissoras de TV. Na ocasião, o Festival premiava as melhores canções e intérpretes.

O realizador do Festival, Solano Ribeiro, conta que o objetivo principal do evento era ser apenas mais um programa de televisão. À medida que a popularidade foi crescendo e a situação política do país se agravando rumo ao autoritarismo, o que era pra ser apenas um programa de TV se tornou um importante registro do momento histórico brasileiro. Muitos artistas se consagraram quando venceram alguma edição do Festival. Além disso, alguns foram perseguidos pela censura, por manifestar em suas canções o que pensavam contra o regime político instaurado na época. Outros ficaram fadados ao desprezo do público. Afinal, esse era o intuito do programa: enaltecer uns maculando outros.

Festivais contemporâneos

Mais de 50 anos depois do primeiro Festival de Música Brasileira ser transmitido na televisão, os festivais se espalham pelo Brasil afora em novos formatos. Para além do novo contexto, os festivais continuam sendo eventos em que musicistas expressam canções inéditas e originais. Porém, é muito mais do que isso. Grande parte dos eventos produzidos hoje trazem não só atrações musicais. A programação de boa parte dos festivais conta com oficinas, espaços de curas alternativas, rodas de conversa, espaço para entretenimento das crianças, mostra de cinema e vivências em meio à natureza. Vou listar e descrever sucintamente alguns dos festivais que participei de 2017 pra cá.

Psicodália

http://www.psicodalia.com.br/

O Psicodália acontece todo ano na época do Carnaval. É realizado numa fazenda em Rio Negrinho (SC), conta com mais de 200 atrações e amplo espaço para acampamento. É um evento ideal pra quem quer fugir das muvucas carnavalescas e prestigiar novidades do cenário musical. Além dos novos, grandes nomes consagrados da música brasileira se apresentam nos palcos do Dália.

Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

http://www.encontrodeculturas.com.br/

Outro evento incrível que acontece há quase 20 anos é o Encontrão, como diz Doroty Marques. O Encontro de Culturas Tradicionais é realizado na Vila de São Jorge, distrito de Alto Paraíso de Goiás, no coração do cerrado brasileiro. O Encontrão, além de arreuní diversos artistas brasileiros, é também um momento de celebração da ancestralidade  brasileira. Acontece todo ano no mês de julho, uma semana depois da Aldeia Multiétnica. Vale a pena participar! Não só pelo evento, mas para apreciar as belezas naturais da Chapada dos Veadeiros.

Festival de Música Autoral da Vila

https://www.festivaldavila.com/

Em 2018, os musicistas da Chapada dos Veadeiros se arreuniram pela primeira vez no intuito de promover um evento coletivo e colaborativo. Cada músico/banda disponibilizou seus equipamentos de som e preparou uma breve apresentação de músicas autorais, no espaço de uma pousada em São Jorge. Assim nascia o embrião do Festival de Música Autoral da Vila, que teve a segunda edição no início de julho de 2019. Este ano, o evento foi realizado num espaço público com o dobro de atrações e equipamentos. A promessa é de realizar o evento para abrir o badalado mês de julho na instiga.

Festival Solar

http://festivalsolar.com.br/

Um novo embrião de festival nasce na região Sul de Minas Gerais. O Festival Solar é uma iniciativa que congrega música, artes visuais, terapias alternativas e sustentabilidade. Cada ingresso vendido representa uma muda de árvore que será plantada na região mineira em parceria com a comunidade. O evento é uma grande novidade no Sul de Minas, região em que a indústria cultural ainda impera. A proposta é diversificar o entretenimento presente na região e promover espaço para que artistas sul mineiros possam apresentar seus trabalhos autorais. A segunda edição do evento acontece em setembro de 2019.

Além desses, muitos festivais têm ganhado força pelos cantos do Brasil afora. É muito importante que estejamos por dentro desse movimento e prestigiando os artistas contemporâneos.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Ver mais

tamyresmaciela

Tamyres Maciela é cantautora e multi-instrumentista. Formada em Letras e mestra em Estudos da Linguagem pela UFOP. Desenvolve pesquisas nas áreas de estudos culturais, cultura popular e história da música brasileira. Colunista na Escuta que é bom e n'A Casa de Vidro.

FALA AÊ!

Close