DESTAQUEFESTIVAIS

Festival LGBTQ+ Bocadim anuncia line-up completo

Evento acontece nos dias 18 e 19 de outubro no Outro Calaf e no gramado da Funarte

O Festival LGBTQ+ de Brasília está de volta. O Bocadim que começou como arraiá e virou um bocadim de tudo, de formação de profissionais a feira, realiza sua edição mais feminina até então. Depois de anunciada a Festa de Abertura que terá NoPorn, DJ Karla Testa e o projeto Rebu, hoje foi dia de conhecer o line-up completo do evento que acontece no dia 19 de outubro, no gramado da Funarte em Brasília.

Jaloo caiu nos braços do povo no Bocadim 2018. Foto: Nina Quintana

Sobre os pilares liberdade, resistência, equidade, oportunidade e amor, o BOCADIM, festival multiartístico LGBTQ+ mais longevo e ininterrupto da Capital Federal, chega à sua 6ª Edição com shows, feira criativa e atividades formativas.

CLIQUE PARA GARANTIR O SEU INGRESSO!

“Embora a comunidade LGBTQ+ tenha conquistado importante vitória com a decisão do Supremo Tribunal Federal ao equiparar LGBTfobia ao crime de racismo, “simbólica e numericamente a nossa comunidade é alvo de pressões em razão das pautas morais e fundamentalistas encontrarem guarida no Palácio da Alvorada”,

alerta Dayse Hansa, coordenadora geral do Festival.

Em razão disso, o Bocadim surge como um movimento de contraponto que se alinha ao modo contemporâneo de ativismo, “o qual promove ações, a partir da arte e de suas intersecções, que despertem a empatia e o amor para a desconstrução de informações equivocadas que se desdobram em violações dos nossos direitos”, pontua a produtora.

Geral foi à loucura durante os shows de Letrux, Verônica Decide Morrer, Aíla, Sapa Bonde e +. Foto: Nina Quintana.

Segundo Hansa, também ativista das causas feminista e LGBTQ+, “esta edição será ainda mais política e potente que as anteriores com mais atividades e propostas que dão sustentação aos fundamentos do projeto”, ressalta. O Brasil é o pais que mais assassina pessoas LGBTQ+ e um dos países que mais se violenta e mata mulheres e “cabe a todas nós buscarmos alternativas criativas para mudar esse quadro lamentável”, sugere Dayse.

Compõem a programação de formativas do BOCADIM:

Programa Rainbow Money, ao logo dos meses de setembro e outubro, vai mapear iniciativas empreendedoras de produção de mercadorias, conscientes e responsáveis, lideradas por pessoas LGBTQ+, bem como de aliadxs à causa. A partir deste mapeamento, serão escolhidxs xs expositorxs da Feira Criativa, com produtos à venda durante do Festival;

Bocadim Forma, ciclo de atividades formativas à comunidade LGBQ+, de 23/09 a 17/10, com aulas gratuitas de Produção Cultural, Moda, Bartender e Cenografia para Eventos. Ao termino das oficinas, serão selecionadxs trainees para estágio remunerado no Festival;

INSCREVA-SE PARA O BOCADIM FORMA!

O seminário “A Produção Artística e Cultural de LGBTQs – Da margem Underground ao POP”, dia 18/10, tem por objetivo dialogar sobre a produção de artística de/para/com LGBTQ+, nos anos recentes, e apresentará um balanço de como têm contribuído para a afirmação dessa produção e o empoderamento da comunidade. À noite, uma festa de encerramento para coroar o seminário.

No dia 19 de outubro, a partir das 17h, a 6ª Edição do Festival BOCADIM ocupa o gramado da área externa da Funarte Brasília com shows de artistas locais e nacionais.

Participam artistas que apresentam em sua trajetória engajamento político e pautam sua obra na luta contra o preconceito, promovem o orgulho de ‘ser o que é’ e pregam a liberdade acima de tudo. Entre as atrações já confirmadas estão Potyguara Bardo do Rio Grande do Norte, Danna Lisboa, de São Paulo; Dolores 602, de Minas Gerais, Gali, de São Paulo, e Duda Beat, de Pernambuco, além de atrações locais como Natália Carreira, Haynna e Os Verdes, BiduH e Mini Ball – Batalha de Vogue.

Johnny Hooker fez um show inesquecível na última edição. Foto: Nina Quintana.

Festival BOCADIM 2019 – Liberdade – Resistência – Equidade – Oportunidade – Amor
Festa de abertura: Dia 18 de outubro, a partir das 20h, no Outro Calaf.
Com: DJs REBU em B2B, com D-Day, Loly e Rafa Ferrugem; DJ Karla Testa; e Noporn
Ingressos (para a Festa de abertura e o Festival) variam de R$ 17 a R$ 80.
Shows Principais: Dia 19 de outubro, portões abertos a partir das 15h, no gramado da Funarte.
Com: Biduh, Gali, Natália Carreira, Haynna E os Verdes, Dolores 602, Potyguara Bardo, Danna Lisboa e Duda Beat. + Batalha de Vogue (MiniBall).

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Fonte
TERRITÓRIO COMUNICAÇÃO
Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou nas emissoras Minas, Nova e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica, Metrópoles, e MIX FM. Escreveu para a Revista ShowBar e Jornal O Popular. Produtor cultural desde 2010 com os festivais EcoMusic, Rua do Rock, Usina de Rima, Grito Rock e Festa Nacional da Cerveja. Estuda Artes e Audiovisual na UnB. Criador da ESCUTA QUE É BOM.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close