FESTIVAISNOVIDADEROCK

Festival Underdog reúne bandas independentes em Brasília neste sábado

Evento terá shows das bandas Zimbra, The Crunge, Trampa, Anéis de Marte, Última Quimera e Frequência

Com o objetivo de impulsionar e valorizar a cena independente brasiliense, João Arthur Maciel e Rafael Novak realizam o Festival Underdog, criado com a ideia de impulsionar e trazer mais foco para bandas independentes, enriquecendo cada vez mais o cenário autoral da Brasília, berço de algumas das principais bandas do rock nacional. O evento, que acontece no dia 5 de outubro no Toinha Brasil Show, em Brasília, traz cinco bandas locais e uma de fora com intuito de promover uma troca de experiências entre as cenas nacionais.

CONFIRME PRESENÇA NO EVENTO E GARANTA SEU INGRESSO!

De Santos/SP, a banda Zimbra vem se consolidando como um dos maiores nomes da nova geração do rock. Atração confirmada no Rock in Rio, o grupo apresenta no Festival canções do álbum mais recente, Verniz, com produção musical de Esteban Tavares, que também participa do projeto ao lado do líder do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto. O quarteto promete conquistar o Brasil por meio de suas melodias e sonoridade ímpar, com Rafael Costa  no vocal, Vitor Fernandes na guitarra, Guilherme Goes no baixo e Pedro Furtado na bateria.

A banda brasiliense The Crunge leva ao público seu hard rock autoral para o Festival, com show enérgico e dançante. O grupo prepara uma sequência de lançamentos mensais, com 5 clipes não-lineares que, quando conectados, formam uma única narrativa como peças de um quebra-cabeça. As canções criam um universo de ficção e aventura que se encaixa com a paixão pela música. O primeiro single, Go Higher, já foi lançado com clipe em Setembro, dando início à série de clipes que serão divulgados nos próximos meses. The Crunge é formada por Eduardo Soares (voz), Guilherme Tonello (baixo), Guilherme Trindade (bateria) e Marino Oliveira (guitarra). 

Frequência traz ao público um som único puxando do HardRock ao Psicodélico, se influenciando em bandas atuais mas mantendo inspirações dos clássicos dos 70. A banda não se baseia apenas nas músicas em si, mas em toda a construção que as envolve. Atualmente, conta com 4 integrantes: David Toniazzo e Lucas Pinke nas guitarras, Arthur Accioly no baixo e vocal, e João Arthur Maciel na bateria.

Formada em 2006 em Brasília, a banda Trampa conta com histórico de diversos shows e participações em Festivais em mais de 50 cidades localizadas em todas as regiões do Brasil, assim como em Austin, Texas (EUA) pelo Festival SXSW e turnês por várias cidades do Canadá. Entre suas influências, podemos citar principalmente alguns subgêneros do rock, como grunge, pós-grunge, indie, punk e stoner rock. A Trampa é formada por André Noblat (vocal), Pedrinho “Bap” Cardoso (baixo), Rafael Maranhão (guitarra), Arnoldo Ravizzini (bateria) e Rodrigo Vegetal (guitarra).

Última Quimera é uma banda independente de Brasília formada no final de 2018, com álbum de estreia que mistura influências que vão do blues ao metal, do progressivo ao ska-punk, criando uma miscelânea autoral. Uma quimera de 5 cabeças composta por Vitor Verlangieri e Vitor Uema nas guitarras e vocais, Luiz Mateus na guitarra, Gabriel Mst no baixo e Artures na bateria.

Com André Elias nos vocais cósmicos, Fernando Amorim nas distorções estéreas, João Pedro nas batidas intergalácticas e João Vitor “Silva” nos graves multidimensionais, a banda Anéis de Marte questiona as ansiedades niilistas dos jovens adultos e as aflições da existência, tentando aprender a minimizá-las, com influências do post rock, indie rock e rock alternativo.

Festival Underdog
Anéis de Marte,The Crunge, Última Quimera, Frequência, Trampa e Zimbra
Sábado, 5 de Outubro
A partir das 19h30
Toinha Brasil Show (arena) SOF Q 9 – Guará, Brasília – DF, 71215-246
Ingresso: 25 reais antecipado, 35 na bilheteria.
Proibida entrada de menores de 18 anos.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Ver mais

Juliana Gaspar

Comunicadora por natureza e por formação. Residente da cidade de São Paulo, busca trazer percepções, melodias e movimentos da selva de pedra. O que acontece no seu coração que é só quando cruza a Ipiranga e Avenida São João?

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close