GULAG TUNES

GULAG TUNES #1 Música e Arte Underground no Novo e Velho Mundo

Conheça SativePlant e Paulo Matricó

A Gulag Tunes de 2019 é expressão poético jornalística da nova arte brasileira. A revolução do gonzo jornalismo moderno. Transbordar criatividade para expor mentes que estão espalhando o que de melhor o povo brasileiro produz. Seja pelo underground de cidades do interior do Brasil, ou pelas ruas do velho continente.

Vivemos o tempo mais obscuro, venal e incuravelmente violento do Ser humano. Vivemos também um ápice criativo e científico. Temos acesso aos mesmos canais de interação usado pelo sistema para alcançar a mesma população curiosa e ávida por mudanças. A Gulag Tunes quer os mesmos leitores que o sistema. Mas nós queremos que nossos leitores pensem e critiquem. Se manifestem, assim como os artistas e mentes pensantes que estão por fazer parte dessa nova experimentação jornalística.

Escutar não só o que é bom, mas também o que faz a diferença, escutar a vibração que se manifesta nos diferentes guetos. Seja pela persistência em atingir o sonho, seja pelo sonho a se atingir através do engajamento.

É fato que o underground brasileiro sempre foi muito rico… e muita estrela brilhou somente dentro desse vórtice estranho que acomete a carreira de muito artista nacional.

Quem não conhece uma banda, artista ou trupe foda que acabou por causa da própria cena ou da falta de tudo que poderia viabilizar o brilho dessa ou aquela estrela?

Quem não conhece ou ouviu falar de alguém que tá por aí a muito tempo, batalhando… tendo que fazer isso ou aquilo para complementar… tocando 1 zilhão de projetos para ver se agora vai?… Se jogar nesse saco a parcela que decide arriscar o jogo aqui no “estrangeiro”…

Assunto e reflexão de sobra para o primeiro ano desse novo espaço aqui na ESCUTA.

Conhecer, participar e conviver com arte do projeto SativePlant, com uma faixa delicia, intitulada “Força do Leão”, rodando nas principais plataformas de streaming, o maranhense Mayron provavelmente vai cravar seu nome na história da musica brasileira, quando finalmente entregar para o mundo o petardo musical em forma de álbum, que ele vem gestando e moldando desde antes de pisar em terras portuguesas…

Refletir sobre a arte e vida do pernambucano Paulo Matricó poeta, cantor e compositor que faz muito pela cultura do sertão nas praças da Europa, esse sertanejo nascido no vale do rio Pajeú, tem carreira sólida em terras Tupiniquins, esse moço de coração sincero já teve sua ópera cordelista “Lua de Alegria” transformada em especial de fim de ano pela rede globo nordeste. Aqui na Europa promove o cordel e agora, ao que tudo indica, começa nova aventura sonora com o Trio PraLáDaRua…

2019 está se escrevendo na história com opressão e resistência, com gritos de revolta e canções de amor. Versos de ordem ecoam pelos streamings do planeta e os lados vão se armando para os novos tempos tenebrosos que se aproximam.

Artisticamente o Brasileiro continua a invadir e espalhar nossa cultura pelos quatro cantos do planeta. Na resistência interna, nas terras abençoadas pela mãe natureza, as cenas vão se renovando, amadurecendo e se transformando. E o underground tá fervendo junto com toda a polaridade que toma conta do país. A MPB taí mais viva e forte que nunca, o rock tá correndo atrás e por fora, mais não tá morto. Tem as minas, tem rap, tem samba, tem funk, teatro e poesia… a vanguarda da nova arte brasileira brota do submundo.

Na rua, no bar, na rede e vai dar o ar das graças, a princípio, quinzenalmente aqui na ESCUTA. Fica ligado meu, na próxima vamos ver como tenta se reinventar a cena londrinese e do norte do Paraná, Deley Jones, Lovebites, Escopo, Etnyah… depois acho que vamos passear pela MPB da Rayane Fortes, ou pelo o som do Bombay Groove… Ou será |morina?

Meu! Leia, escute, pense… Exista!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Ver mais

Opium Jones

Opium Jones é um pirata que queima pontes e destrói miragens com frases que provocam visões e colisões. Uma alucinação de ácido, e por que não um desses mistérios da vida. É um cara loco e insano que ama a psicodelia da vida e vagar por aí. A única coisa que sabe com certeza, é que não sabe o que quer fazer. Escritor e poeta, usuário de drogas, faz som e uns filmes. Faz um monte de coisarada... Só seguir!

FALA AÊ!

Tem a ver...

Continue o rolê...

Close
Close