BRASILEIRAPERFIL

Jaloo prova a cada trabalho sua relevância para a música brasileira

O universo em expansão do Pará direto para as metrópoles do país

O norte do país sempre produziu e nos presenteou com boa música e não estamos falando de Joelma e Chimbinha – por enquanto. Artistas como Gina Lobrista até flertaram com a grande indústria do pop brasileiro, mas ainda tiveram a mesma chance de mostrar o trabalho além das fronteiras regionais, como é o caso do paraense Jaloo.

Conhecido por suas produções ousadas como em “Prostituto” com Deize Tigrona (+18) ou versões extremamente originais de mashups de sucessos internacionais com músicas de artistas brasileiros, Jaloo vem conquistando o seu próprio espaço e transcendendo a música sendo destaque também no cinema.

Com talento de sobra aliado a ritmos incríveis e um visual pensado a cada detalhe, da estética plastic índio ao tomboy, o cantor pisou no acelerador e produziu um dos melhores discos brasileiros de 2015. O “#1” entrega uma mistura perfeita de ritmos e letras extremamente pessoais, que tratam de solidão, amor, relação com drogas e amadurecimento. As vezes, tudo na mesma. E com uma pegada psicodélica.

Mas não pára por aí, Jaloo (Nascido Jaime Melo e estilizado com uma junção dos nomes), também dirige, produz e sempre está envolvido diretamente, deixando o material ainda mais original, provando que há muito mais além do eixo sul – sudeste.

 

Esse disco não vai ter fronteiras entre o masculino ou o feminino. Eu vou explorar tudo com a liberdade criativa que um artista tem. Jaloo em entrevista à Revista Híbrida

O seu próximo disco “FT” já está em produção e será lançado em 2019. Já conta com o single “Say Goodbye” e Jaloo adiantou que transitará entre os gêneros no seu novo projeto. Aqui na ESCUTA você também confere a nova parceria de Jaloo com MC Thá e em breve entrevista exclusiva em nosso canal do Youtube.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tags
Ver mais

Luís H

Jornalista, assessor na @makusacomunicacao, descolado, atualizado, antenado e qualquer outro adjetivo para viciado em redes sociais e internet que você possa pensar. Não é tão bom com biografias, mas se esforça para vender a melhor parte de si. é LSHNRQ mesmo em tudo que é lugar.

FALA AÊ!

Close