ARTIGOBRASILEIRA

Letrux em Brasília: e não é que rendeu mais uma noite de Climão?

Show no Bocadim levou milhares ao gramado da Funarte

Uma das artistas cariocas mais topzera da Bahia, Letícia Novaes encanta na sua voz e sua performance única marcada com muita energia e glamour feshozo. Sobre sua paixão pela música, ela conta que a obsessão surgiu na infância. Por influência dos pais teve contato com instrumentos como piano e violão, mas não tão profundamente comparado a sua paixão por composição musical. Adentrando nesse tema, suas letras, ao decorrer da sua trajetória musical foram se tornando cada vez mais lascivas e viscerais cuja transparência facilmente caiu no gosto das ouvintes.

Em uma mistura entre a vanguarda e o Synthpop (também denominado de techno pop), Letrux passeia entre os sintetizadores e o brega romântico. Sua melodia envolvente que enebria de sinceridade, facilmente se entrelaça com situações cotidianas de nós, meros mortais que vivemos cada vez mais as relações afetivas marcadas pela liquidez e volatilidade.

No seu mais novo álbum: “Em noite de Climão”, lançado em 2017, Letrux emana uma manifesto político muito forte, assim como aborda com propriedade o tema sobre o bissexualismo. Deste novo álbum, as músicas em destaque que vale a pena colocar atenção aos ouvidos são: “Amoruim”, “Ninguém perguntou por você” e “Flerte Revival”, apesar de que claro, vale muito a pena escutar o álbum de cabo a rabo, frente e verso.

Recentemente, Letícia e banda se apresentaram no Festival Bocadim (Festivalzim LGBTQ+) que ocorreu mês passado na Funarte aqui em Brasília – DF. O evento, que vai além dos shows e faz um trabalho social relevante no DF tem como proposta promover a liberdade afetivo-sexual e equidade de gênero, fazendo questão de levantar a bandeira do respeito a todas e todos através da arte e do amor.

Estivemos por lá e em breve você confere as entrevistas e a cobertura do Bocadim aqui na ESCUTA.

letrux

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
7

Ver mais

Tiz Goes

A biomédica cantora que saiu do meio do mato pra ser publicitária e hoje ouve/vive música e mexe com café. Respirando música 24/7 do tempo, ouve de Limão com mel a Black Alien.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close