BRASILEIRAPALCO PAULISTA

Malú Lomando questiona identidade de gênero em novo clipe

Supernova é o primeiro lançamento do álbum Alpha Leonis, que traz narrativa íntima de reconstrução e autoconhecimento

“Não há nada mais forte do que uma mulher destruída que se reconstruiu”, disse Hannah Gadsby em seu show intitulado Nanette. Malú Lomando se reergueu e chega energizada em seu primeiro álbum, ​Alpha Leonis​, ​com previsão de estreia para o final desse ano​.

O novo trabalho narra os processos internos que acontecem após o fim de um relacionamento, mas engana-se quem pensa que o disco se limita apenas a um término amoroso. Essencial e urgente para o momento histórico atual, Alpha Leonis fala do amadurecimento de uma mulher que se liberta das amarras do patriarcado, se descobrindo íntegra e tomando as rédeas de sua própria vida.

Para dar o pontapé inicial, Malú lança no dia 20 de agosto o clipe de Supernova em parceria com Barroso Eus. O fenômeno cósmico de uma supernova acontece quando uma estrela colapsa em seus processos internos de fusão.

“Assim como as estrelas, todos nós também sofremos processos de fusão, principalmente num relacionamento amoroso. Às vezes, a gente se fusiona tanto com o outro que nem sabemos mais quem somos”, explica Malú.

No clipe, o Sol, símbolo do masculino, é encarnado por Malú e a Lua, o feminino, é representada por Barroso, estabelecendo conexão através de dança e perfomance.

“Todos nós temos o masculino e o feminino dentro de nós e os dois precisam estar em equilíbrio. No clipe, integramos essas duas energias para questionar os papéis de gênero”, conta Barroso.

Com figurinos e maquiagem inspirado pela androginia, os dois multiartistas simbolizam a igualdade do homem e da mulher, do sol e da lua, em que um não é superior ao outro. O clipe foi dirigido Renata Reis, braço direito de Malú na concepção artística e produção do disco.

“Quando duas mulheres escolhem se apoiar mutuamente, coisas inacreditáveis acontecem. Nós realizamos nossos sonhos e nos empoderamos, uma através do sonho da outra”, diz Renata.

Alpha Leonis​, álbum autoral e independente com previsão de lançamento nos próximos meses, representa o despertar de Malú para o seu autoconhecimento. Cada música traz a energia de um dos quatro elementos da natureza com uma narrativa amarrada de forma cíclica, trazendo sentimentos como apego, tristeza, raiva, autorresponsabilidade, aceitação e amor próprio.

Supernova​, inserida nessa narrativa, simboliza a melancolia de quem está dando os primeiros passos para seguir em frente, contando com amizades como a de Barroso, que foi parceria essencial para que Malú pudesse reconhecer seu brilho próprio.

SOBRE MALÚ LOMANDO

Malú Lomando tem 24 anos e é cantora, compositora, street artist e atriz, formada pelo Teatro-escola Célia Helena. Na música desde os 14 anos, ela cantava nos festivais da escola e gravava covers no Youtube, até participar do programa Estúdio Acesso MTV em 2012, se classificando como uma das finalistas.

De lá para cá, se desenvolveu como cantora e compositora, criando seu primeiro álbum autoral, ​Alpha Leonis.​ Em 2019, Malú também lançou o clipe da canção Meu Homem (​https://youtu.be/8ReWFtYyqH4​), que simboliza em narrativa realista o fim relacionamento que foi inspiração para o álbum.

Trazendo para os palcos a carga interpretativa da sua formação como atriz, Malú cria uma atmosfera teatral e ritualística em seu show, transformando o que poderia ser mero entretenimento musical em um espetáculo sensível de vulnerabilidades expostas.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Ver mais

Juliana Gaspar

Comunicadora por natureza e por formação. Residente da cidade de São Paulo, busca trazer percepções, melodias e movimentos da selva de pedra. O que acontece no seu coração que é só quando cruza a Ipiranga e Avenida São João?

FALA AÊ!

Close