LISTA

ESCUTA! Nostalgia: de volta à década de 70

A Escuta separou 10 bandas para você voltar no tempo

Já deu para perceber que nós somos um portal que fala sobre a nova música brasileira, né? Mas sempre existe um meio de abrir uma exceção. Hoje a gente te leva de volta lá para década de 70, que como todos sabemos foi de muita efervescência: musical, política… E com toda certeza ela deixou muitas marcas, boas e ruins. São muitos sons fodas, eu particularmente adoro o cenário musical da década de 70.

Bora para viagem?

#1 Recordando o Vale das Maçãs – Rancho, Filhos e Mulher

A banda Recordando o Vale das Maçãs se formou em 1974. Hoje a gente deixa o som “Rancho, Filhos e Mulher”, que tem uma vibe bucólica muito massa.

#2 Som Imaginário – Cenouras

Formada na década de 70, deixando apenas 3 discos, a Som Imaginário fez história. Fique com a “Cenouras”, que inclusive também é interpretada pela banda brasiliense Rios Voadores, dá um confere.

#3 Perfume Azul do Sol – Deusa Sombria

A década de 70 tinha mulher muito foda no vocal, prova disso é a Ana Maria Guedes, voz e piano da Perfume Azul do Sol. A banda deixou apenas um disco, chamado “Nascimento”.

#4 Pão Com Manteiga – Micróbio do Universo

A paulistana Pão Com Manteiga também deixou apenas um disco, o autointitulado Pão Com Manteiga (1976).

#5 A Bolha – Sem Nada

Pega a vibe dessa música. “Sem Nada” faz parte do álbum Um Passo à Frente (1973).

#6 Casa das Máquinas – Eu Queria Ser

Não dá para falar de década de 70 sem falar de Casa das Máquinas.

#7 Som Nosso de Cada Dia – Sinal de Paranóia

E nem de Som Nosso de Cada Dia.

#8 A Barca do Sol – Estrela

A década de 70 foi ótima para o rock progressivo no Brasil. Ta aí a prova:

#9 Terreno Baldio – Pássaro Azul

Com estreia em 75 com o álbum autointitulado “Terreno Baldio”, a banda fez história.

#10 Rita Lee & Tutti Frutti – Jardins da Babilônia

Para finalizar não dá para deixar de fora da lista um dos nomes mais icônicos:

# Bônus:

E Secos e Molhados:

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tags
Ver mais

Lana Oliveira

Goiana do interior. Sempre se interessou por comunicação. Formada em jornalismo e com alguns cursos de marketing no currículo. Viciada em música e nas sensações que ela transmite.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close