SHOWS

O leite bom na nossa cara: carnaval de rua brasiliense chega à SIM-SP

A Semana Internacional de Música de São Paulo começou já marcada por performances que não se calaram diante a atual situação do país. Reação política e objeção por representatividade cunharam o espírito da festa de abertura da SIM, que recebeu Ninfas, Francisco el Hombre e Keila (ex-Gang do Eletro). 

Nesse embalo, a semana mais importante pra indústria da música no Brasil se volta para artistas da capital, tendo Brasília um merecido e importante espaço na edição deste ano. Artistas brasilienses estão presentes em peso na programação do evento, entre os showcases diurnos (abertos ao público) e  noturnos (as noites que acontecerão espalhadas por 30 casas de shows da cidade).

Na sexta-feita (7), a SIM terá a noite das Divinas Tetas, que levará o melhor do carnaval de rua de Brasília à capital paulista juntamente com o bloco Ska Niemeyer, mostrando que a festa carnavalesca brasiliense não só ganhou força nos últimos anos, mas também identidade e linguagem própria.

O Bloco das Divinas Tetas surgiu no carnaval de 2016 e desde então tem se consolidado como um dos maiores blocos de rua de Brasília. De repertório com grandes hits de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Novos Baianos, Mutantes e Tom Zé, o bloco reverencia o tropicalismo, a brasilidade e a tolerância à diversidade.

A noite das Divinas Tetas tem ingresso a R$25,00 e acontecerá no dia 07/12, na Casa do Baixo Augusta, às 21h.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Tags
Ver mais

Thaylla Gomes

Correspondente da Escuta Que É Bom na Colômbia levando choque centrobogotano diário de realidade. Pesquisadora, graduada em Comunicação e cursando Teoria, Crítica e História da Arte na Universidade de Brasília, acolhida pela Universidad de los Andes, em Bogotá, e agora entendendo melhor os encontros e dissonâncias entre a brasilidade e suas vizinhanças. Sabe mais de moda de viola do que a cara aparenta. Vai sempre pelo som regional, experiências locais e rolês com glitter. Desvendando a latinidade e gritando pelas coisas que resistem. Também invento palavras.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close