ELETRÔNICAEXCLUSIVA

Playground comemora 15 anos com lançamento de pool party no Clube Jaó

Em tour de aniversário e com evento marcado em Goiânia para o mês que vem, a maior rave itinerante do Brasil lança a Waterplay Festival em parceria com o maior parque aquático da cidade

No dia 5, primeiro domingo de agosto, aconteceu a primeira edição da day party, organizada pela produção do já tradicional Playground Music Festival que celebra 15 anos de atividade, a Waterplay. Dois de nossos correspondentes estiveram no evento registrando suas impressões a respeito da produção, da estrutura e da line-up desse evento que, como muitos disseram, não foi uma rave de verdade. Certamente acabou deixando um gostinho de “quero mais”.

Waterplay Festival: pista
Foto: PortalTrance.com.br

O evento nas belas instalações do Clube Jaó teve início às 10h da manhã de domingo, muito cedo para nossa equipe, que chegou de excursão uma hora após o início. Felizmente, não perdemos muita coisa. Até o meio-dia só se via filas de entrada e guarda-volumes cheias, pouca gente na pista principal e, como não podia faltar, o deep house da jovem Double M, em clima de aquecimento.

Foto: Universo Trance

Da fila, um dos pontos altos que a gente percebeu logo de cara foram a estrutura segura e equipes de salva-vidas e staff muito bem preparadas. O mais triste foi que, por razões de segurança, os toboáguas não podiam ser usados. Nós entendemos, porém…

#LINE-UP

Foto: PortalTrance.com.br

Mas calma, a espera valeu a pena! Logo no início da tarde o rolê já estava cheio, e a pista-piscina, dividida em quatro partes por passarelas que ligavam ao front num quadrado central em frente ao palco, lotada de gente. A line da tarde já era também mais desenvolta, embalada pela pegada às vezes mais full on e às vezes mais high tech dos israelitas Weekend Heroes e Time Lock, e muito bem mantida também pelos sets mais progressivos e sampleados dos brasileiros Logan e Red Sun. Conforme a tarde passava, a cenografia do palco (por sinal muito bem pensada) ganhava sentido com as cores do céu de Goiânia, combinando com a iluminação dos painéis em LED ao redor da pista uma aquarela de cores que pareciam brotar da paisagem de pôr do sol, e não estamos loucos!

Foto: 062 Conexão

Finalmente, como todo bom trance, a fritação começa junto com a noite. A partir das 17h começaram as grandes atrações da pool party, com sons mais profundos e psicodélicos, marcados por trilhas originais e envolventes. Começando pela vibe incrível da dupla formada pelo brasileiro Trindade e o holandês Dimitri Nakov, a noite se enchia de sons mais transcendentais e cheios de texturas e vozes. O ponto alto da line veio logo em seguida com dois DJ’s completíssimos e simplesmente inesquecíveis: primeiro do já muito esperado Chapeleiro, e depois da maior surpresa da festa, a mineira Devochka. Confira:

Chapeleiro

Fabricio Beraldi, conhecido por nós como Chapeleiro, é de São Paulo e iniciou sua carreira musical como DJ em meados anos 2000. Com um set inteiramente original, suas produções figuram entre os trances mais famosos do Brasil atualmente. Seu show se destaca por ser especialmente performático, interagindo o tempo todo com o público e com a música. Com suas raízes musicais no mundo underground, o paulista mescla beats com referências indianas, egípcias e indígenas no som inovador que batiza de Brutal Bass.

“Meu som é algo novo, uma mistura de Old Trance e New Prog, incluindo algumas coisas de Techno. É um meio termo entre Prog Trance, Techno e a parte melódica indiana.” Chapeleiro, em sua página do Facebook.

Devochka

Mayra Ferreira, a.k.a Devochka, é do interior de Minas Gerais e começou por conta própria em 2010, se tornando uma das revelações do cenário eletrônico brasileiro em 2013. Poucas mulheres atingiram na cabine o status que a DJ conquistou nos últimos anos, figurando em 2016 e 2017 entre os Top 50 do Brasil. Em todas suas redes sociais descrita por sua devoção à musica, a mineira chegou a trabalhar em eventos aclamados, como o Lollapalooza Brasil e a Universo Paralello.

“Devochka, que significa ‘garota’ em russo, não só conquistou as pistas nacionais como também passou a cativar multidões internacionais em 2015. Alemanha, Egito, México e Suíça são alguns dos países que a produtora já exportou sua música, autêntica e de personalidade cativante.” Perfil de Devochka no Facebook

Enfim, se a Waterplay teve qualquer coisa de ruim foi ter acabado em apenas dez horas de festa, deixando uma necessidade insaciável de mais. Mas era o que podíamos esperar, já que a pool party foi na verdade um aquecimento para o evento maior da produtora, o Playground Music Festival, chegando em Goiânia dia 6 de setembro.

#PLAYGROUND MUSIC FESTIVAL

O Playground se tornou conhecido por ocorrer em um parque de diversões a céu aberto, com acesso aos brinquedos e uma divertida ambientação. Há 14 anos no negócio das trances, é hoje o maior festival itinerante de música eletrônica do Brasil, comemorando seu décimo quinto ano na cena com uma tour de aniversário que, só em um ano, ainda passará por Goiânia, Curitiba e Brasília. Confira a agenda da tour:

#AGENDA – TOUR 15 ANOS

🎧 06-07.09.2018 Playground Goiânia

🎧 08-09.12.2018 Playground Curitiba

🎧 19-21.04.2019 Playground São Paulo

🎧 18-19.05.2019 Playground Brasília

🎧 07-08.12.2019 Playground Bauru

 

Para a próxima edição, marcada para o primeiro fim de semana do mês que vem, dias 6 e 7 de setembro, em Goiânia, os ingressos variam entre R$80 com acesso ao parque e R$60 sem, na pista, e R$90 com parque e R$110 sem, no backstage. E aí, galera?! Goiânia é logo ali. Mas caso seja muito em cima, maio do ano que vem tá chegando também e a Playground desembarca aqui na cena da capital. Vai ficar de fora dessa?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Fonte
Play BPMTudo BeatsHouse MagGig.Dj ChapeleiroGig.Dj DevochkaFacebook ChapeleiroFacebook DevochkaFacebook PlaygroundWikipédia Playground
Ver mais

Luy Duarte

Músico e vocalista popular desde cedo, possui experiência com teatro musical, MPB, cultura hip hop e história da música. É aluno e pesquisador em História pela Universidade de Brasília, onde estuda a difusão da arte grega na Antiguidade.

FALA AÊ!

Close