LANÇAMENTOROCK

RDSAN lança hoje EP Cenário apresentando nova formação

Banda gaúcha faz show gratuito na Marquise 51 Hub Criativo em Porto Alegre

A origem da banda é atribuída ao Cerro de Palomas pico na Fronteira da Paz que liga Santana do Livramento (RS) a Rivera (Uruguay). Os primeiros acordes foram compostos com a inspiração das planícies da campanha gaúcha e as influências do rock que dominou o Brasil entre as décadas de 80 e 90. Quem pesquisa o gênero nacional certamente já escutou Alfarrábios, Soda Caústica, Dogma, Decreto Lei, Savah, e Última Hora, fora Engenheiros, Nenhum de Nós e Garotos de Rua. Mas se ainda não incluiu o “Rock de Santana” ou simplesmente RDSAN nas playlists, tá na hora de passar a história do rock da fronteira à limpo.

Rumo à capital Porto Alegre a banda já teve diferentes formações e hoje Fabiano Laroca (Teclado), que começou a banda com os primos Nilson Renato e Emerson Fabiano, toca ao lado de Alex Niches (Voz e Contrabaixo) – que gravou a primeira obra com a banda -, Beto Silva (Guitarra ), Lucas Giorgetta (Bateria) e Kati Porto (Backing Vocals). RDSAN já foi “Risco de Vida” e desta época trouxe a música Prisão, inclusa no primeiro disco Rock de Santana V1.

A experiência da banda ultrapassou o século e agora chega com um novo gás. O EP Cenário que vem com três versões acústicas para a faixa-título ‘Cenário’, ‘Passional’ e ‘Perguntas’. O EP traz uma mensagem de superação, refletindo sobre as nossas escolhas e os caminhos que tomamos através de retratos do cotidiano. Cultivando paixão, dor, dúvidas e persistência, os caras misturam uma pegada oitentista clássica do rock brasileiro com pitadas de ska e levadas melodiosas da MPB.

Cenário foi produzido por Beto Silva gravadas ao vivo no estúdio da Marquise 51- Hub Criativo no Independência em Porto Alegre.  E é lá que rola o lançamento hoje às 20h com participação de Alice Kranen e Sandro Ceren.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Fonte
Mariana Martinez M51
Tags
Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou em emissoras como Rádio Minas AM/FM, Onda, Nova, 96 e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica Pop, OK/Metrópoles, Rádio JK e atualmente MIX FM. Escreveu para a Revista ShowBar e o Jornal O Popular. Produtor cultural desde 2010 com os festivais EcoMusic, Rua do Rock, DivinoRock, Grito Rock, Usina de Rima e Festa Nacional da Cerveja em MG. Estuda Artes e Audiovisual na UnB. Voz oficial da RadioMolotov.com

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close