BRASILEIRALANÇAMENTO

Ana Cañas convoca Todxs para a revolução sexual brasileira; Orgasmo ainda é tabu?

Turnê do novo álbum começa em fevereiro em São Paulo

Ana Cañas em frases curtas fala e repete o sentimento contemporâneo das mulheres brasileiras, a começar por sua estreia independente. Sim, a cantautora chega a seu quinto álbum declarando sua liberdade das gravadoras e agora decide tudo o que diz respeito à sua arte. Não que não fizesse antes, mas ao lado de Tiago Barromeu a artista experimentou o que certamente não viu na comodidade da Som Livre ou na estabilidade da Sony, os erros que contribuem para a construção e o processo criativo que vai além do óbvio. O selo próprio não podia ter um nome mais objetivo: Guela Records.

Político e despudorado a começar pela capa “Todxs” (ou todes) reflete com maior evidência a postura de Ana Cañas. E os pianos são suas fortes digitais na música brasileira. Chico Chico e o rapper Sombra (SNJ) participam de duas faixas, mas a obra traz parcerias com Arnaldo Antunes, Taciana Barros e Lúcio Maia. E interpretações de Tua Boca (Itamar Assumpção), Tijolo (Carlos Posada) e Eu Amo Você conhecida na voz de Tim Maia.

De 2007 até aqui Ana Cañas foi de trilha de novela a canções de protesto em movimentos sociais e manifestações políticas. Bem posicionada à esquerda, ela é mais objetiva do que nunca. A sensualidade meiga e a estética Jean Pierre Jeunet dão lugar a uma versão futurista da mulher de Pindorama, cansada das imposições colonialescas que vão do mercado da música aos simulacros de cafés e bistrôs. Uma versão tupiniquim globalizada ainda pouco compreendida. Ainda mais em caras pálidas. Falo do que é visceral e pélvico, do que é fluido e irremediável. Só há cura para a caretice estanque das elites nos sofás das indústrias culturais. Em meio a críticas sociais e liberdade sexual a música de Ana Cañas dá voz a questões cotidianas simples como a invisibilidade social e tão assustadora para o patriarcado como o orgasmo feminimo.

Em dezembro são quatro shows na Caixa Cultural de Salvador/BA encerrando a turnê de Tô na Vida. Depois ela volta em fevereiro pra começar a nova turnê de TODXS com shows em São Paulo.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Fonte
Música PavêShow LivreCult Cultura
Tags
Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou em emissoras como Rádio Minas AM/FM, Onda, Nova, 96 e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica Pop, OK/Metrópoles, Rádio JK e atualmente MIX FM. Escreveu para a Revista ShowBar e o Jornal O Popular. Produtor cultural desde 2010 com os festivais EcoMusic, Rua do Rock, DivinoRock, Grito Rock, Usina de Rima e Festa Nacional da Cerveja em MG. Estuda Artes e Audiovisual na UnB. Voz oficial da RadioMolotov.com

FALA AÊ!

Close