ENTREVISTAEXCLUSIVA

ENTREVISTA! CURUMIN fala sobre o trabalho, responde críticas e perguntas da galera

Conversamos com o músico e produtor na passagem de som no Festival PicNik2018

Entre nossas melhores experiências de 2018 está conhecer de perto e conversar com grandes nomes da nova música brasileira. Nos bastidores entendemos melhor a dinâmica desse novo circuito em plena ascensão, movimentando a economia, levando cultura do povo, para o povo. Além de ter a oportunidade de trocar ideias e aprender muito.

Dos artistas que nos admiram pela solidez de seu trabalho e sua potência musical está Curumin. Com seus quase 15 anos de carreira explorando voz e bateria no front, suas quatro obras “Achados e Perdidos” 2005, “Japan Pop Show” 2008, “Arrocha” 2012″ e “Boca” 2017 demonstram sua vida dedicada à música.

Na entrevista você conhece um pouco mais desse artista, suas colaborações, como lê as críticas… E pra ficar melhor fizemos perguntas que a galera que acompanha o trabalho envia pela internet, mas não deu tempo de responder.

ASSISTA TAMBÉM!

ÀTTØØXXÁ indica bandas e lê comentários de fãs com a ESCUTA

Trocamos uma ideia com Rincon Sapiência sobre o Galanga Livre

A experiência sensorial da música instrumental de MESCALINES DUO que transcende

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou nas rádios Minas, Nova e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica, Metrópoles e MIX FM. Escreveu para os jornais Gazeta do Oeste e O Popular e Revista ShowBar. Produtor cultural desde 2010 com trabalhos no festival EcoMusic, Rua do Rock, Usina de Rima, Grito Rock, Festa Nacional da Cerveja, Toma Rock, Transamérica Convida, No Setor e Cervejaria Criolina. Estudou comunicação e é graduando em Teoria, Crítica e História da Arte na UnB.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close