DESTAQUE

LISTA #escutaqueébom MAIS BRASIL: 100 CLIPES DE 2018

Aqui está a lista de clipes mais democrática do ano

Nossa união com o MAIS BRASIL não rendeu só uma, mas 3 listas que fazem uma retrospectiva de 2018 e te atualizam antes que acabe o ano. Você já conferiu os 100 ÁLBUNS e na sequência vai curtir nossa playlist com as 100 MÚSICAS. Foram 13 curadores indicando sons de norte a sul do Brasil e aqui clipes que se destacaram por sua qualidade técnica, estética, narrativa ou importância. Não propusemos um ranking, mas uma lista democrática que contempla a música preta brasileira, a nova mpb, o pop, o rap e o trap, o rock e suas vertentes e a música eletrônica passando pelo funk.

Enquanto não temos um canal próprio de TV pra passar só os clipes da nova geração do audiovisual brasileiro e ficamos assistindo a grande mídia lançar tops com 10 clipes repetidos, que usam a mesma fórmula e embora bem produzidos são vazios de alma… mostramos a vocês que existe muita, mas muita produção de extrema qualidade no país. Então vamos deixar você experimentar os clipes sem spoiler, se aventure e dê o play. Tem desde animações em rotoscopia a produções cinematográficas.

Como é o caso do clipe que abre essa lista, feito por um time que tomou mais de 2 minutos nos créditos finais. Resumindo o ano com riqueza de detalhes e recursos surrealistas que confundem o real e o abstrato. Destaque para o rap que está em alta e representando bem o Brasil e para as mulheres que apresentam diversidade, talento e o futuro.

Os comentários sobre cada clipe deixamos pra vocês. No final da publicação tem um espaço pra você escrever e falar o que achou, se faltou algum e tal. No fim também temos o perfil de nossa equipe de curadoria. E tem também a playlist completa do nosso canal pra você favoritar, se inscrever e assistir sempre que quiser!

Aproveite!

OUÇA O ÚLTIMO EPISÓDIO DE 2018 DO PODCAST!

CRIOLO – BOCA DE LOBO (SP)

IZA – DONA DE MIM (RJ)

EDGAR – PLÁSTICO (SP)

CARNE DOCE – GOLPISTA (GO)

LUEDJI LUNA – NOTÍCIAS DE SALVADOR (BA)

DJONGA – MÚSICA DA MÃE (MG)

FROID E CYNTHIA LUZ – GAROTA (MG/DF)

BACO EXU DO BLUES – BLVESMAN (BA)

XÊNIA FRANÇA – PRA QUÊ ME CHAMAS? (BA)

13.7 – MEDO (RJ)

GLÓRIA GROOVE – APAGA A LUZ (SP)

JOE SILHUETA – CAFÉ AMARGO (DF)

ÀTTØØXXÁ – CAIXA POSTAL (BA)

BAIANA SYSTEM E NAÇÃO ZUMBI – ALFAZEMA (BA)

BHASKAR E HUNGRIA – ABRAÇO FORTE (GO)

TUYO – CONSELHO DO BOM SENSO (PR)

O TAROT – A CORTE E A REALEZA (DF)

PLUTÃO JÁ FOI PLANETA – ME LEVE (RN)

SCALENE E FRANCISCO EL HOMBRE – CLAREIA

TRAMPA – GUERRA (DF)

RINCON SAPIÊNCIA – PLACO (SP)

TETO PRETO – PEDRA PRETA (SP)

FLORA – ILUSTRE TIMIDEZ (AL)

SILVA – DUAS DA TARDE (ES)

JALOO E MC THA – CÉU AZUL (PA)

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
111

1 2 3 4Próxima página
Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou nas rádios Minas, Nova e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica, Metrópoles e MIX FM. Escreveu para os jornais Gazeta do Oeste e O Popular e Revista ShowBar. Produtor cultural desde 2010 com trabalhos no festival EcoMusic, Rua do Rock, Usina de Rima, Grito Rock, Festa Nacional da Cerveja, Toma Rock, Transamérica Convida, No Setor e Cervejaria Criolina. Estudou comunicação e é graduando em Teoria, Crítica e História da Arte na UnB.

2 Comentários

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close