PROSAS E SONS

Agosto: mês da Visibilidade Lésbica

O mês de agosto é representado por um importante movimento no Brasil. Dia 19 deste mês, em homenagem a uma das pioneiras do Movimento Homossexual Brasileiro, Rosely Roth, celebra-se o Dia Nacional do Orgulho Lésbico. Além disso, dia 29 é lembrado como Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. Aliás, esse dia foi escolhido por conta do 1º Seminário Nacional das Lésbicas (SENALE) que aconteceu em 1996. Por isso, hoje quero sugerir uma musicista lésbica para celebrarmos em grande estilo essa significativa data em nosso país. Doralyce é companheira da Bia Ferreira, outra musicista incrível. As duas, ativistas de movimento negro e lésbico, formam um casal da buceta!

Natural de Olinda (PE), Doralyce é uma das grandes sensações da música contemporânea. Ficou bastante reconhecida pela versão da música Mulheres, de Martinho da Vila. Doralyce ressignifica a canção, demonstrando o poder feminino.

Seu último trabalho, lançado em abril desse ano, é um grito corajoso sobre diversas questões em pauta em nossa sociedade. O álbum PíLula Livre fala de racismo, homofobia, plantas sagradas e muito mais! Traz a pluralidade dos ritmos afro-brasileiros misturados à batida eletrônica.

A Revolução Feminista Latino Americana está em curso e a Escuta que é Bom está de orelhas bem abertas, registrando tudo isso pra nós. Seguimos com as palavras de ordem: Se cuida seu machista, a América Latina vai ser toda feminista!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Fonte
O GloboDicionário MPB
Ver mais

Tamyres Maciela

Tamyres é linguista e musicista. Curiosa pelos estudos culturais, aprendiz da cultura popular latinamericana e amante da música. Colunista na ESCUTA e n’A Casa de Vidro.

FALA AÊ!

Continue o rolê...

Close
Close