ESCUTATÓRIORAP

Cynthia Luz: uma das vozes mais poderosas da nova geração

No novo "Efeito Violeta" artista mostra porquê é o retrato da cena

Bastam poucos segundos de escuta pra você perceber a potência de Cynthia Luz. Seja ouvindo os dois álbuns completos ou suas participações em outros sons, sua identidade musical vem de cara, na voz rasgada e timbre grave único. Dos barzinhos de Minas aos principais palcos de São Paulo e do Brasil Cynthia chamou a atenção tanto das cenas rap e hiphop quanto do pop, com quem vem flertando em seu novo trabalho.

O primeiro álbum completo “Do Caos ao Nirvana” (2017) trouxe entre as 10 faixas “Vai Te Encantar”, “Deixa Ela” e “Fé” que logo pegaram o público, além de “Hey Boy”, apostas com flows prontos pra tocar no rádio, que traduzem a caminhada e a evolução da artista. Com doses de reggae, rap, R&B e produções que passaram pelas mãos de Pedro Lotto e Caio Paiva, direção de André Ganut (DRUM) e participações de Nog, Froid e Predella.

Agora a cantora lança “Efeito Violeta”, uma nova imersão na música como ela mesmo propõe “orgânica”. Do álbum foram lançados os singles “Meu Problema”, “Não Sou Sem Nós” e a parceria com Zeca Baleiro em “Era Uma Vez”. Luá, Djonga e Froid completam as participações. Um trampo mais sentimental, romântico e com uma levada mais pop, assinada por André Nine que já vem se aventurando no mercado com outras produções.

Entre os singles e parcerias que fizeram a carreira e a presença de Cynthia Luz na música brasileira estão “Olhares” com Sant, “Lamentável”, “Garota” e o “Acústico” com Froid, “Eu Não Valho Nada” com Lagum e mais com Delacruz, Pedro Qualy, Nabrisa, Clara Lima, Cacife Clan e até com MC Davi e Gaab.

 

 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1
Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou nas emissoras Minas, Nova e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica, Metrópoles, e MIX FM. Escreveu para a Revista ShowBar e Jornal O Popular. Produtor cultural desde 2010 com os festivais EcoMusic, Rua do Rock, Usina de Rima, Grito Rock e Festa Nacional da Cerveja. Estuda Artes e Audiovisual na UnB. Criador da ESCUTA QUE É BOM.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close