DESTAQUERAP BR

KK OUSADO – O trapstar que viralizou a expressão “um nojo”

"Na moral, hoje eu tô um nojo"

 

Se você frequenta o Twitter, provavelmente já viu algúem postando uma foto e colocando de legenda “na moral hoje eu to UM NOJO”. Quem não saca a gíria pensa que se trata de algo negativo, não é?

Achou errado. Na língua da geração Z, falar que você está “um nojo” é elogio, principalmente quando o sujeito está bem vestido. E não é algo tão pequeno assim. Dá só uma olhada na busca do Twitter pelo termo e você vai entender do que eu tô falando.

Porém, se você é um velho ranzinza que odeia os adolescentes e tá indignado com tudo isso, eu te apresento o culpado por espalhar isso por aí: o jovem trapstar Cauê Santos, de 19 anos, mais conhecido como KK Ousado.

O KK é um nojo

 

Apesar de ser uma nova expressão que já rolava em alguns lugares, foi o KK que viralizou isso com o clipe da música “1Nojo”, lançada em outubro de 2017, que conta com mais de 1,8 milhão de visualizações no Youtube, também disponível no Spotify.

 

Os cordão, 1nojo

Chei’ de anel, 1nojo

Só de grife, 1nojo

O kit é, 1nojo

O kit 1nojo

O kit 1nojo

O kit 1nojo

 

Positividade premeditada?

 

A letra da música revela um estado de espírito, como ele mesmo disse em uma entrevista. Um jeito debochado, seguro de si e cheio de positividade. Unindo a busca do Twitter lá no começo com essa afirmação, podemos deduzir que KK Ousado acertou em cheio.

A real é que tem um monte de jovem querendo entrar no hype e que foi para as redes sociais postar foto exaltando a própria imagem. Seja por conta da roupa vestida, do estilo, de orgulho do próprio corpo ou por pura malandragem mesmo.

KK Ousado, à direita (divulgação)

Dito isso, é legal exercer uma sociologia de boteco aqui e imaginar que o som despretensioso gerou uma onda de good vibes no público, não é não? Estamos num período complicado e a depressão já é uma das piores causas de morte no mundo.

Por isso iniciativas como o setembro amarelo existem, para conscientizar as pessoas sobre a depressão e ajudar quem precisa. Se uma música levou uma galera a se achar um nojo, no bom sentido, então isso já é muito legal.

Portanto, se você ainda continua ranzinza e com raiva da juventude, sugiro que você saque seu celular, vista um kit daora e tire uma foto. A legenda tu já sabe né:

Na moral, hoje eu tô um nojo.

Escute o KK Ousado no spotify.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1
Tags
Ver mais

Natan Andrade Medeiros

Escritor de ficção científica e histórias de boteco, palpita nas horas vagas sobre música em todas as suas formas de vida (seja ela animal, vegetal ou mineral). Publicitário pela UnB e especialista em Mídias Sociais. Escreve contos e crônicas na publicação Simbiose, no Medium, desde 2016. Natan Andrade também está por trás dos podcasts da Escuta Que É Bom.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close