COLUNASLATINA

Música latina? Quiero! Conheça influências pra romper todas as fronteiras

Músicas latinas ideais para dançar e descobrir a riqueza de ritmos e melodias

Quem aí nasceu nos anos 90 e não se lembra de ouvir algumas músicas em espanhol nas rádios? Pois bem, parece que esse movimento voltou com tudo, trazendo novas influências e com uma pegada… digamos… um pouco menos romântica (risos).

Na década de 90, o embalo das músicas lentas com letras que falavam de amores e dores envolveu boa parte dos brasileiros, que bailavam ao som de cantores como Chris Durán, Ricky Martin e Enrique Iglesias. Só que a onda agora é rebolar a raba!

A música brasileira atual tem fortes influências de ritmos como o reggaeton, cumbia e o ska. Gêneros descontraídos e bons de dançar, que apresentam muitas variações de um país pro outro. E não se engane pensando que esses sons não possuem teor político, não, viu?! O surgimento desses gêneros é marcado por resistência.  No Brasil, esses ritmos tem sido mesclados ao axé, ao eletrônico e até mesmo ao pop, com letras que abordam temas diversos. É possível ver a inclusão desses elementos musicais no trabalho de artistas como Anitta, por exemplo.

E o que é essa música latina para nós brasileiros? Um ritmo? Um idioma?

É difícil tachar como uma unidade, ainda mais porque, no Brasil, não assumimos a identidade latino-americana e nos diferenciamos dos demais países pela questão linguística. Para muitos o espanhol incluso nas letras é o que classifica uma música como latina.

Pois bem! Este post vai apresentar a você alguns artistas que não só cantam em espanhol e estão no eixo sul-americano, mas que trazem elementos tradicionais e influências de suas culturas nativas, em produções dançantes e ideais pra playlist daquela festinha que você quer flertar com o crush e romper com a fronteira das línguas 😛

Latine-se!

 

King Coya (Argentina)

 

Chancha Via Circuito (Argentina)

Mateo Kingman (Equador)

 

Bomba Estéreo (Colômbia) 

 

Nicolas Cruz (França, mas radicado no Equador)

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Ver mais

fictícius

Estudante de Letras, Artes e Mediação Cultural na Universidade de Integração Latino Americana - UNILA - vive de música, arte e cultura. Atua com artes plásticas e digitais, performance e pesquisa. Vai trazer um raio-x do continente e muitas influências para descolonizar os seus ouvidos e a sua mente.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close