NOVIDADE

LANÇAMENTOS | Música Brasileira | FEVEREIRO 2019

28 dias de muita arte e cultura nacional pra botar a censura pra correr

♫ CLIPES

MC Tha – Rito de Passá (SP)

1º de Fevereiro | Elemess

Seu primeiro álbum vem aí e pra anunciar sua chegada um rito que mixa funk e elementos da umbanda. Encerra também um ciclo da carreira da artista que declara “Rito de Passá é um levantar de bandeiras brancas para a nossa própria guerra interna. Rito de Passá é o grito de liberdade dos excluídos socialmente por suas crenças. É afirmação.”

 

Mombojó – Plano B (PE)

1º de fevereiro | Independente

A banda começou o ano trabalhando os singles do sexto álbum e essa “música-improviso” já é a quarta lançada com clipe produzido por Luan Cardoso. A ideia é que ao fim da série MMBJ12 os clipes se complementem e formem uma espécie de média metragem.

 

Illy e Duda Beat – Só Eu Você na Pista

1º de fevereiro | Chita

Quando Bahia e Pernambuco se unem é certeza de energia, beleza e arte. E com Duda Beat, Illy deixou “Só Eu e Você”, seu primeiro hit, numa versão que marcou o nosso carnaval. A nova é uma evolução do som calmo e afinado da baiana e o feat fica na cabeça.

 

Xamã – Monalisa (RJ)

1º de fevereiro | Baguá Records

“Monalisa é minha obra-prima. Eu fiz a composição há algum tempo e ela expõe o meu lado mais romântico, mais poético, mais tranquilo. Sempre tive essa veia poética nas letras, por mais que tenha essa “pegada” de rua. Monalisa é clean, bem verão, quase uma nova identidade no meu trabalho, mas sem perder a essência, flow e métricas”, afirmou Xamã que diz ser o single o passaporte para seus trabalhos em 2019.

 

Aline Lessa – Não Foi Por Mal / Remix (RJ)

1º de fevereiro | Biscoito Fino

O som de 2017 presente no álbum “Hoje Falo Por Mim” ganhou uma nova versão que revisita a fossa e faz festa. É engraçado esse rótulo de música bad, né? Com o tecnobrega – influência de sua família paraense – o som soa superação, um tanto diferente de seu tom frio.

 

Monoclub – Anzóis (SP)

1º de fevereiro | Independente

Se sua rotina te sufoca você vai se identificar bastante com esse clipe. Dirigido pela própria banda o vídeo mostra em uma sequência de situações aflitivas os perigos e males do cotidiano que nos cega. Fique atenta à letra pra pegar todas as mensagens por trás da obra.

 

Zimba Selektor e Dropê Selva part. Dj Pamplona e Gabi Riddim – 2 de Fevereiro (BA)

2 de fevereiro | Independente

Se você não está atenta à nova geração de bandas e artistas baianas então cola com nóis. Zimba é mais um dos talentosos soteropolitanos que está experimentando as musicalidades brasileiras e afrodiaspóricas e se juntando a uma galera de responsa. E este é o seu primeiro clipe, gravado no bairro do Rio Vermelho.

 

Realidade Cruel – Nosso Bonde Tá no Ar (SP)

3 de fevereiro | Bola 8 Produções

Com nova formação o grupo tradicional do rap paulista apresenta a vivência na rua e nos bailes, no mundo artístico e na vida real. O que é claro nas letras e no clipe, com aquele rap real que a gente admira.

 

Papatinho part. Luccas, Xamã, PK e Orochi – Como Ela Vem

4 de fevereiro | Papatunes Records

Reunindo grandes nomes do novo rap, o som tem a melhor mistura da alma carioca, o rap e o funk com um clipe tão irônico quanto profissional. Dispensa muitos comentários pela assinatura.

 

Auri – Cais (ES)

4 de fevereiro | Independente

No limbo entre o sudeste e o nordeste do Brasil as confusões levaram a banda a buscar um refúgio, como é a tônica de todo álbum “Resiliência” que completou um ano. Com imagens de Vitória acompanhando a bailarina Manuela Calmon expressaram que às vezes essa fuga está em atos simples como dançar e curtir a brisa.

 

Daniela Mercury e Caetano Veloso – Proibido o Carnaval

5 de fevereiro | Páginas do Mar

Pelo número de dislikes é sinal de que fez efeito. A música uma resposta irônica para a atual conjuntura e o clipe tem uma carinha de campanha publicitária, mas é legal de se ver Caetano todo despojado entrando na onda de Daniela Mercury.

 

Pense – Eu Não Posso Mais (MG)

5 de fevereiro | Estúdio Guerra

Na sequência de “Levanta e Vai” essa galera não dá mole e pega pesado na hora de falar de autoconfiança, coragem e força. Faixas do mais recente álbum da banda, “Realidade, Vida e Fé”, 2018 o clipe traz pessoas que retratam nossa diversidade. Fala sobre ter que respeitar, mas acima disso fala sobre ligar o foda-se e impor respeito.

 

Distintos Filhos – Contradições (DF)

6 de fevereiro | Independente

Lançado com exclusividade aqui na ESCUTA a banda de Brasília volta mostrando o clima dos bastidores desses 15 anos de estrada. Leia a matéria de Bianca Martins.

 

Little Room – Tangled (RJ)

6 de fevereiro | Independente

Ah! A nostalgia. Quem não gosta de voltar aos 80 e 90? Será que a geração 2000 vai entender? Pois dê o play pra viajar com Ana Júlia em suas experimentações agora solo, tocando e cantando, praticamente uma oneWOMANband apresentando o primeiro EP “Little Room”.

 

Karol Conká – Saudade (PR)

7 de fevereiro | Sony

Em mais um de seus lovesongs ela passeia pela represa de Guarapiranga em São Paulo e faz poesia na letra e no vídeo. Conká mostra sua versatilidade e alcança cada vez mais público invadindo o pop com muita personalidade.

 

Rodrigo Alarcon part. Liniker – Amor Acidente

7 de fevereiro | Taquetá Música

Rodrigo Alarcon leva para suas obras seu cotidiano, o que o impressiona e familiaridade. A letra veio depois de presenciar um acidente e no meio do aglomerado de pessoas que param pra olhar, pensar em seus amores. A parceria com Liniker começou na vizinhança no bairro de Santa Cecília até mostrar a música pra ela que logo já incluiu seu timbre único.

 

Ave Sangria – Dia a Dia (PE)

7 de fevereiro | Independente

A mais cultuada banda da psicodelia pernambucana está de volta. 45 anos depois de seu emblemático disco de 1974, a Ave Sangria lança o single DIA A DIA com direito a Lyric Video pra conquistar a geração que consome música pela internet, bem diferente de quando atuaram na década de 70.

 

Cynthia Luz – Não Sou Sem Nós (MG)

8 de fevereiro | Independente

Um ano depois de estrear de vez nacionalmente com “Do Caos ao Nirvana”, Cynthia Luz apresenta o novo álbum com faixas que revelam sua evolução artística, como “Não Sou Sem Nós”, onde a artista vive num clima de Mágico de Oz sua vida adulta e o amadurecimento como cantora e compositora. LEIA O PERFIL DE CYNTHIA LUZ!

Laura Petit – Namorado (PR)

8 de fevereiro | Independente

Mergulhando nas profundidades do amor moderno a curitibana se inspirou nos livros “O Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway e “Demian”, de Hermann Hesse para a canção que ganhou clipe produzido pela POMAR.

Lupa – Oi (DF)

8 de fevereiro | Sony

Agora com contrato assinado com a Sony os brasilienses aventuram de vez no mainstream e apresentam o primeiro álbum “Lupercália” cheio de cores, animação e claro, músicas apaixonantes.

 

Androide Sem Par – Ruynas (RJ)

8 de fevereiro | Bamba Music

Dando o devido enfoque às verdadeiras famílias tradicionais brasileiras,e causas latentes em nossos tempos os cariocas falam da migração nordestina, relações homoafetivas, equidade de gênero como do genocídio indígena e a aculturação promovida no Brasil. “Uma Ruyna maquiada, uma cidade sem emblemas além dos turísticos, identidades diluídas.”

 

Kafé e ÀttøøxxÁ part. Psirico – Venha Devagar

8 de fevereiro | Som Livre

Nova promessa da Som Livre Kafé se une a ÀttøøxxÁ e Psirico enaltecendo salvador e entrando no clima do carnaval.

 

Letrux – Ninguém Perguntou Por Você (SP)

10 de fevereiro | Joia Moderna

Uma das faixas mais dançantes do álbum “Letrux em Noite de Climão” e também a mais reproduzida nos players finalmente ganhou merecido clipe. A produção de Pedro Henrique França tem Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer como protagonistas. Um casal que flerta durante uma festa bem inferninho.

 

Rashid, Spvic e Kamau – A Propósito (SP)

12 de fevereiro | BOCA

Numa onda noventista três gerações do rap se unem para dar um recado direto. Criticando o culto ao hype e o abandono dos valores na cena.

 

Flaira Ferro – Revólver (PE)

12 de fevereiro | Independente

O álbum está previsto para julho e “Revólver” mostra o que está por vir. Ligada ao frevo desde a infância, Flaira que também é bailarina se joga no rock e nas ruas do Recife. O som é altamente recomendado pois dialoga bem com o momento de forma nada monótona.

Criolo – Etérea (SP)

13 de fevereiro | OLOKO Records

Surpresa pra alguns, resposta para outros. O novo som do Criolo, em continuidade ao futuro álbum “Boca de Lobo” quebra padrões e reacende discussões. LEIA A MATÉRIA SOBRE O LANÇAMENTO!

 

Francisco El Hombre – CHAMA ADRENALINA :: gasolina

13 de fevereiro | Independente

O novo álbum está repleto de novidades instigantes aos fãs da banda e uma ótima maneira de conhecer pra quem ainda não se aventurou. “Chama Adrenalina” é o segundo da série de 8 clipes que serão lançados para cada música de “RASGACABEZA”. LEIA SOBRE O LANÇAMENTO!

 

Abrão Sarai – Fauna e Flora (SP)

13 de fevereiro | Independente

Uma das bandas de reggae mais relevantes da nova geração traz sua essência em mais uma obra que exalta a natureza e chama atenção para o futuro de nosso planeta e nossa responsabilidade atual.

 

Navan – Tudo Azul (DF)

14 de fevereiro | Independente

Se você curte rock e ainda não conhece essa nova banda brasiliense dê o play já! Formada por Alicia Pilar (Vocal), Gustavo de Bem (Bateria) – irmão do Guilherme da Dona Cislene, Harry Matos (Baixo), Matheus Machado (Guitarra e Vocal) e Pedro Gonçalves (Guitarra), o som é pesado e cheio daquela energia genuína da transição jovem adulta. Um novo fôlego na cena autoral da capital que vem evoluindo desde 2016.

 

Dona Onete – Festa do Tubarão (PA)

14 de fevereiro | AmpliDiversões

Nossa diva paraense também lançou o primeiro single e clipe de “Rebujo” o novo disco que será lançado pela Natura Musical.

 

Rico Dalasam – Procure (SP)

15 de fevereiro | Maffia.io

O single de 2016 ganhou não apenas um clipe, mas um curta que mostra a história de dois garotos apaixonados, uma trama de aventura, colocando contra a parede os relacionamentos contemporâneos, fidelidade e companheirismo. Um enredo envolvente que pede mais. Assista agora!

 

Mariana Volker – Gigantesca (RJ)

15 de fevereiro | Independente

“É uma forma de olhar para a infância e pensar como podemos formar mulheres sem traumas, pessoas que não demorem tanto pra gostar de si mesmas, que não precisem reinventar uma identidade somente na vida adulta. Essas meninas são pedaços de um todo”, explicou a artista.

 

Ted Marengos – I’m Not Going Back (SP)

15 de fevereiro | Independente

“A letra foi escrita quando o Brasil passava por um momento de mudança e a banda também! Acho que por isso ela tem um certo tom de desespero. Ela fala sobre crises amorosas e a expansão da consciência humana. Mostra que uma vez que um território psíquico é conquistado, nunca mais conseguimos voltar atrás”, descreveu o vocalista.

 

Clau – Moreno (RS)

15 de fevereiro | Universal

A música é uma declaração de amor, transcrevendo um relacionamento baseado na confiança. Enquanto vários “morenos” passam no vídeo, Clau surge linda com sua voz cheia de presença.

 

Stoyca – Alongamento (DF)

16 de fevereiro | AmpliDiversões

Misturando jazz, hiphop, samba e mpb, a banda brasiliense chega pra te fazer descansar. Fruto de uma experiência bastante negativa do vocalista e compositor Jorge Verlindo com o trabalho, o clipe propõe com os figurantes trocando de roupa no palco da Escola de Música de Brasília, essa libertação das ocupações e obrigações, fazendo você alongar enquanto relaxa.

 

Sanitário Sexy – A Saudade é uma Cela (BA)

18 de fevereiro | Independente

Expoentes do rock do nordeste a banda que ultrapassou os 5 anos de estrada prega o desapego no novo clipe. Numa sonoridade folk – tropical – os caras vão te ajudar a curar o porre de solidão.

 

Urbanú – Energyzer (SP)

19 de fevereiro | Independente

Você vai ficar com calor e querer ou fugir ou se jogar na festa particular desse novo artista paulista. Urbanú é um projeto de Vitor Hugo que explora o pop com uma pegada brega e moderna.

 

Vanessa Da Mata – Gente Feliz (REMIX UBUNTO e DJ Zé Pedro)

19 de fevereiro | Sony

Mais uma produção feita especialmente pro carnaval, mas que já pode entrar em nossas playlists de festa permanentemente. O clipe feito na vertical para atingir diretamente o público no mobile traz imagens aéreas de São Paulo e te levam pra festa.

 

Arthur Melo part. Lucca Noacco – Tormenta (MG)

19 de fevereiro | Independente

Capturado no Inhotim – em Brumadinho, cidade assolada pelo crime ambiental da Vale – o clipe é faixa de “Nhanderuvuçu” seu primeiro álbum. Numa atmosfera conceitual, de experimentação, entre cordas e ambiências que te levam pra uma viagem, você segue o artista que vaga e encontra amigos.

 

Mc Igu – Japão

20 de fevereiro | Independente

Ele nasceu numa província do Japão, mas veio cedo viver em Itapetininga interior de São Paulo e depois de cantar funk se juntou ao Recayd Mob. No ano passado ganhou fama nacional com o hit “Nicole Bahls” e agora retorna com um single que demonstra certa nostalgia do país de origem.

 

Ana Frango Elétrico – Roxo

20 de fevereiro | Independente

O primeiro clipe da artista carioca vem cheio de referências às artes visuais expressando sua aura e ilustrando muito bem seu trabalho. Como ela mesmo disse à Rolling Stone “representa bem o modelo de produção musical que escolhemos pra gravar meu primeiro disco, “Mormaço Queima”, que se baseia em mim e na minha guitarra, sem click, em que o restante dos instrumentos vem colorindo as bases, dando textura, num processo de pintura mesmo”

 

Malta – Não Há Nada Melhor

20 de fevereiro | Independente

Vocês acompanharam a história da banda formada especialmente para o programa até a troca de vocalista né? E fez um bem. De certa forma ultrapassaram a barreira do estigma de ser banda de reality show para um trabalho que parece ganhar uma forma mais orgânica e profissional.

 

Filipe Ret – Retiavéliko (RJ)

21 de fevereiro | TuduBom

Faixa do álbum “Audaz”, um dos mais comentados do RAP no ano passado, “Retiavéliko” é uma autobiografia. Uma das composições preferidas do público e do próprio artista, vem com clipe lotado de imagens bem produzidas com uma estética elementos gráficos futuristas.

 

tecomartins – Sal Grosso (SP)

21 de fevereiro | Independente

Segundo clipe do álbum “Solar” carrega o tom meditativo e contemplativo da música, simples e profundo. Com direção de Caio C. e fotografia de Samy Ferreira teco canta à beira do mar comemorando 10 anos de arte.

 

Octavio Cardozzo – Debaixo D’água (MG)

21 de fevereiro | Independente

Minas está pipocando criatividade e novas bandas e artistas. Da nova leva Octavio chega propondo uma folia ousada em uma private que muita gente gostaria de ter passado o carnaval com direito a muito glitter.

 

Bruna Lucchesi – Antes de Libertar (PR)

21 de fevereiro | Independente

“A música fala sobre vulnerabilidade, sobre se vestir e se despir. E a roupa que uso brinca com a reinvenção, é uma fantasia e uma espécie de armadura também. Ao mesmo tempo, esse ‘não-lugar’ representa a bagunça da nossa trajetória.”, falou a cantora ao Tenho Mais Discos que Amigos.

 

Rod 3030, DK 47, Luccas e L7nnon – Cai Babylon

21 de fevereiro | Favela Cria

Atacando o status quo e todos seus meios de controlar o povo, o BoomBap assinado por El Lif Beats (Piramide Perdida) ganhou um clipe gravado no Palacete dos Amores, uma mansão do século XIX localizada em Santa Teresa, área central do Rio de Janeiro. A cypher dispensa muitos comentários, mas falaê o que você achou logo no fim da matéria!

 

Sarah Abdala – Migrante (GO)

21 de fevereiro | Pomar

“Em Migrante estou falando da imposição de uma invisibilidade para um povo, de recomeçar depois de acontecimentos opressores e violentos… Estou falando que o mundo é de todos, que ninguém vai se paralisar ou fugir por medo, e que temos que nos reconectar como humanidade”, afirmou a cantora que relembra suas raízes libanesas na obra.

 

Amanda Magalhães – Vai Ouvir (RJ)

21 de fevereiro | Boia Fria Produções

Amanda é objetiva. Mas usa o “sarcasmo para dar seu sério recado, acompanhada por um vigoroso jazz new orleans, assinado pela própria. A inspiração durante o processo criativo vieram “das batidas bollywoodianas, da latinidade, samples e walking bass à la “Hit the road, Jack”. Impossível não ter o característico suingue brasileiro. – como publicou o canal Rapresentando.

 

Jaloo part. Nave – Dói d+

21 de fevereiro | Elemess

Mais um hit do cantor paraense que certamente você já deve ter ouvido na balada de fevereiro pra cá. “Dói D+” é existencialista e com o romantismo outsider já conhecido do cantor. No clipe ele compensa a solidão e a vida cinza que canta em meio à paz que procura com imagens lindas, em locações acertadas. O álbum é prometido para o primeiro semestre.

 

Edi Rock e Xande de Pilares – Corre Neguim (RJ)

22 de fevereiro | Som Livre

Uma homenagem à Marielle e a todas as pessoas que morreram no anonimato, Edi está de volta com um novo álbum poderoso. Pra chamar ele convidou Xande de Pilares e escolheu a produção da Usina e direção de Rafael Sousa para o vídeo. O resultado foi um trabalho que mexe com quem escuta.

 

Mombojó – Cometa Mambembe (PE)

22 de fevereiro | Independente

Mais uma? Eles começaram e terminaram o mês com clipes que compõem a sequência MMBJ12. Esta nova por sua vez é uma releitura do famoso frevo dos anos 80 de Carlos Pitta e Edmundo Caroso. O vídeo ilustra a história de pai e filho pela cidade de Natal.

 

Ana Gabriela – Mais de Nós (SP)

22 de fevereiro | Independente

Falando sobre as idas e vindas do relacionamento a cantora apresenta como diria nosso parceiro Marcelo Manso do Mais Brasil uma “mpbzinha” de qualidade.

 

My Magical Glowing Lens – Space Woods (ES)

23 de fevereiro | Honey Bomb Records

LEIA A MATÉRIA SOBRE O LANÇAMENTO! 

 

Black Pantera – Punk Rock Nigga Roll (MG)

23 de fevereiro | Independente

Com a força do Punk e Heavy Metal e mais alguns elementos que a liberdade criativa desses caras permite, o novo lançamento é um soco no estômago das produções de apartamento. Além da mistura de sonoridades, Black Pantera também representa a luta de 5 anos contra todo tipo de preconceito, nos palcos, nos bastidores e no mercado da música em geral.

 

Rosa Neon – Ombrim (MG)

24 de fevereiro | Independente

Eles estão de volta e com um sonzinho bom pra botar na playlist da festa. Depois de “Brilho de Leão” o grupo mineiro vai pra praia (certamente Guarapari ou Cabo Frio) e repete “ai, que delícia o verão” pra te fazer mexer e convencer a chamar pra se jogar na piscina da sua casa.

 

HOT e Oreia – Hino Parte 2 (MG)

25 de fevereiro | Independente

Essa dupla ainda vai desfilar em muitos redcarpets por aí. Com ironia e sagacidade na medida fazem um rap despojado, a ponto de você nem notar quando é nocauteado. Na parte 2 de “Hino” eles não economizam pra jogar a real sobre o crime ambiental causado pela Vale. “Urgente, venham conhecer Minas Gerais antes que a Vale destrua tudo”.

 

Betina – Hotel Vülcânia (PR)

25 de fevereiro | Independente

Envolta numa onda psicodélica noventista Betina chamou Tatá Aeroplano para contracenar no clipe da faixa título do álbum de 2018. O som é cheio de texturas e elementos sonoros que dão aquela cara progressiva ao rock da curitibana.

 

Allan Massay – Simples e Absurdos (DF)

25 de fevereiro | Independente

“Simples e absurdos é uma música que expressa as máscaras que o mundo exterior acaba impondo em nossa vida e o quanto devemos nos libertar de tudo isso para libertarmos o nosso eu verdadeiro”, afirmou o cantor e compositor brasiliense que reflete seu processo pessoal de descoberta enquanto artista em sua obra. 30 pessoas foram envolvidas nesse trabalho dirigido por Marina Lima e Rui Rodrigues.

 

Lamparina e A Primavera – Não Me Entrego Pros Caretas (MG)

27 de fevereiro | Independente

Acho que já deixei bem clara minha impressão sobre esse trampo, né? Buscando referências nas batidas eletrônicas do funk, a banda mineira aparece dessa vez com uma estética completamente nova, mais dançante e sem perder as referências percussivas e melódicas que sempre trazem em suas composições.

 

Alceu Valença – Nas Asas de Um Passarinho (PE)

27 de fevereiro | Deck Disk

O som de 2014 ganhou vida no primeiro clipe desse mestre na nova era. “Anunciação” e “La Belle de Jour” já foram muito reproduzidos e se você é de 70, 80 ou 90 certamente já viu algum dos dois. E pra chegar chegando nessa nova onda audiovisual o artista desceu e subiu as ladeiras de Olinda espalhando seu carisma. O que já é conhecido de todos que acompanham seus vídeos cantando com artistas de rua ou puxando fãs para o palco.

 

DOSSEL – Canoa Nova (SP)

27 de fevereiro | Mondé

Com lançamento exclusivo pela NOIZE, o som e o clipe nas palavras do próprio cantor “tratam de maneira quase direta sobre a necessidade do encontro consigo mesmo através de uma observação da vida e a passagem do tempo pela mudança das marés, e os ciclos naturais que cursam nossas vidas”.

 

Tagua Tagua – Desatravessa (SP)

27 de fevereiro | Independente

Uma verdadeira obra cinematográfica para transmitir a vibe da faixa que compõe o primeiro EP solo de Felipe Puperi “Pedaço Vivo”. Diferentes ciclos da vida, rompimentos, partidas, imprevistos e toda uma carga de existencialismo para nos deixar tranquilos sobre o futuro que é certo.

 

Samuca e a Selva part. Luedji Luna – Fé Cega, Faca Amolada

27 de fevereiro | YB Music

Pena que obras desse nível não são projetadas pelos meios de massa. Mas a versão de Samuca (e a Selva) com Luedji Luna desse clássico de Milton Nascimento e Beto Guedes merecia todos os amplificadores do Brasil. Assista!

 

Giovani Cidreira – Pode Me Odiar (BA)

27 de fevereiro | Independente

Uma experimentação bem geniosa com a gravação de telas de celular que traz uma composição maravilhosa. O entrar na intimidade, a dúvida sobre a veracidade das imagens e o “combinado” com os envolvidos que enriquecem bastante a produção. Giovani Cidreira é um grande artista e merece a sua atenção.

 

Alaska – “tem que ver isso aí” (RN)

28 de fevereiro | Independente

E pra fechar essa lista diversa e quase completa vem a banda natalense mais disposta da atualidade, dançando pra você cantar. A música é uma viagem e apropriada pra começar o dia, ir pro trabalho/escola, abrir o apetite, fazer o quilo, passar a tarde de boas, aguentar a pressão do trabalho, concentrar pra estudar, boa pra ouvir com amigos e sozinha, durante um jantar, ou pra acalmar na hora de dormir, bem… acho que é apropriada pra todos os momentos né?

 

VEJA TAMBÉM A LISTA DOS HITS DO CARNAVAL

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Página anterior 1 2 3
Ver mais

Felipe Qualquer

No rádio desde moleque pesquisa o universo da música e escuta de tudo. Em MG atuou nas rádios Minas, Nova e 94FM. Em Brasília passou por Transamérica, Metrópoles e MIX FM. Escreveu para os jornais Gazeta do Oeste e O Popular e Revista ShowBar. Produtor cultural desde 2010 com trabalhos no festival EcoMusic, Rua do Rock, Usina de Rima, Grito Rock, Festa Nacional da Cerveja, Toma Rock, Transamérica Convida, No Setor e Cervejaria Criolina. Estudou comunicação e é graduando em Teoria, Crítica e História da Arte na UnB.

FALA AÊ!

Tem a ver...

Close